• @rodrigomes.rnc

Djonga xinga Bolsonaro mesmo depois de TSE proibir manifestações políticas no Lollapalooza. Confira:


O show de Djonga, no terceiro dia de Lollapalooza, foi mais um marcado por manifestações contra o presidente Jair Bolsonaro. (PL)

O rapper pediu para que a plateia levantasse o dedo do meio e pensasse em alguém que não gosta. Imediatamente, quando o coro de gritos contra o presidente começou, Djonga brincou: "Não pode falar. Já que não pode, vamos falar, porque eu gosto de desobedecer".

O rapper deixou a plateia gritando coros de "Fora Bolsonaro" e "Bolsonaro, vai tomar no c*". Na sequência, ele mesmo falou diretamente contra o presidente. "Eu odeio o Bolsonaro, quem gosta é problema seu", declarou o rapper.



Momentos depois, ele disse ainda que Bolsonaro era "fraquíssimo". Em outra situação, ao citar o número 17, ele voltou a protestar: "Bolsonaro, vai tomar no c*". Já fora do palco, em entrevista, Djonga voltou a detonar o presidente: "Bolsonaro, você é um m*rda!". veja vídeo: