• @rodrigomes.rnc

Macio Rodrigues fala sobre a diferença de produzir shows de pagode e de rap. Confira:


Em brincadeira durante entrevista a um podcast, o empresário Marcio Rodrigues caiu nas gargalhadas ao falar como é organizar shows de pagode e de rap.


Carioca de Irajá, Marcio Rodrigues se mudou para Espírito Santos a trabalho pelo laboratório farmacêutico que prestava serviço na época. De lá para cá, já instituiu algumas empresas e faz gestão de algumas, em 2015 fundou a AQUARIUS Produções, empresa que faz produção de eventos e gestão de artista.


Como amante do Rap, a pandemia resolveu junto aos sócios começar a fazer eventos de rap com os maniples, nomes do cenário nacional e hoje a empresa encabeça como a produtora que mais faz eventos do segmento no Estado, juntando capital e cidades do interior, já realizou shows com atrações como Delacruz, Filipe Ret, Orochi, L7nnon, Cabelinho, TZ, Oruam, chefin, papatinho, Djonga entre outros.


A AQUARIUS produções também realiza eventos de outros segmentos, mas Marcio Rodrigues diz que o encanto pelo mundo do trap e as amizades que construiu no segmento são especiais para ele. Marcio também diz ainda que iniciará um podcast sobre assuntos empresariais que envolve as experiências do empresário em todos os segmentos, mas que falará muito sobre bastidores e curiosidades do trap no Podcast que se chamará NOSSA VIBE.


Falando um pouco sobre as suas experiências no seu trabalho, o empresário decidiu falar um pouco como é organizar shows de pagode e também de rap. A entrevista aconteceu no podcast " NOFLY". Ao compartilhar sua experiência, Marcio brincou com os apresentadores do programa e ambos caíram na risada. Confira trecho: