• @rodrigomes.rnc

MC Poze manda R$20 mil para segurança que foi demitido após receber gorjeta de R$100 do artista.



Após receber 100 reais de gorjeta do MC Poze, segurança é demitido. Entenda a história:

Para você que não acompanhou essa treta nos últimos dias nas redes sociais, um segurança foi demitido após receber 100 reais de gorjeta do MC Poze. Supostamente, o segurança "infringiu" uma das regras do condomínio e foi mandado embora.


Após o segurança ser demitido, MC Poze se sensibilizou com o segurança e mandou 2 pix de 10 mil reais e pediu desculpas para o rapaz. Provavelmente esse dinheiro segurará as pontas do segurança e dará para ele viver de boa por alguns meses até achar um novo emprego.

“Eu me apresentei e expliquei a situação. Meu chefe mandou eu devolver o dinheiro e, na sequência, pediu para eu levar meus documentos para a demissão e me excluiu do grupo [de whatsapp do trabalho]”, contou Bernardo, o segurança. O segurança disse que, ao ser admitido na empresa, em dezembro do ano passado, havia sido informado que não poderia pedir nada aos moradores do condomínio: “Água, comida ou qualquer coisa que a gente precisasse, deveria ser avisada no rádio interno”.

Apesar disso, Bernardo afirma que era comum que os funcionários recebessem presentes espontâneos dos moradores. Ele diz que a empresa, inclusive, afirma que tinha conhecimento dessas doações. “Eu vi vários colegas saindo com cesta de natal que os moradores deram. Tem muitas pessoas generosas naquele condomínio. Eles davam presentes pros vigilantes, pros funcionários da manutenção. Até os garis, que iam fazer a limpeza lá dentro, ganhavam um agrado. Nunca deu problema pra ninguém”, contou.

O vigia diz que usou o dinheiro para recarregar o Bilhete Único, já que o pagamento dos dias trabalhados em dezembro estava atrasado, mas, se soubesse o problema que iria enfrentar, afirma que jamais teria aceitado a gorjeta. Ele conta que fazia planos na empresa e que disse à esposa para largar o emprego, que era longe de casa, para cuidar dos filhos do casal, enquanto buscavam uma oportunidade mais perto para ela.

"Minha esposa largou o trabalho na sexta-feira, o caso aconteceu na segunda. Se eu soubesse que teria algum problema, jamais faria isso. Eu estava fazendo vários planos com o trabalho, achei que a situação estava estável pra dar um alívio pra minha esposa. Fiquei bem triste com o que aconteceu", relata. Bernardo diz que, após ser demitido, contou pra um grupo de amigos, que resolveram fazer uma corrente para ajudá-lo.

"Todos publicaram nas rede sociais e a história chegou até à equipe do Poze. Eles foram maravilhosos e eu sou muito grato, mas disse que se eu pudesse escolher, iria preferir um emprego do que a doação, porque o dinheiro acaba, o salário vai pingando todo mês, né? Infelizmente eles não estão com oportunidade no momento, mas disseram que pintando uma vaga, me ajudam".

Ao saber do ocorrido, Poze publicou em suas redes sociais que estava revoltado com a situação.